10 Coisas a Fazer Antes de Implementar Office 365

A corrida em direção a nuvem foi deflagrada e agora ninguém mais segura esta onda. Tenho visto no mercado as mais diversas opiniões sobre nuvem ou Cloud no bom e velho inglês. Para algumas empresas, Cloud “é a tendência do mercado e é para lá que vou”, para outras, “Cloud deve ser adotada com cautela” e por fim temos os que dizem que “Cloud não é seguro e minha empresa não pensa em ir para ela”.

Na minha opinião, Cloud não é mais tendência. Cloud se mostrou uma opção inteligente em termos de investimento e, principalmente, na flexibilização do uso dos recursos.

Qual é o sistema que dá mais trabalho e menos retorno do ponto de vista de TI? E-Mail é claro. Então, bora migrar o e-mail para a nuvem?

Fly to Office

Antes disso, vamos discutir alguns pontos que precisam (ou deveriam) ser analisados antes de migrarmos definitivamente nosso e-mail para a nuvem, e aqui vou me dedicar à migração para o Office 365 da Microsoft.

 

1 – Como meu usuário vai conectar no Office?

Toda e qualquer aplicação Cloud vai ter um identificador que, para sua rede interna, é totalmente desconhecido e isto não vai ser diferente com o Office 365. Será que replicar a senha do seu usuário interno é uma boa? É Seguro?

 

2 – Acesso de dispositivos móveis

O ponto mais legal da Cloud é sua mobilidade. Poder acessar qualquer coisa de qualquer lugar e de qualquer dispositivo é simplesmente magnifico. Mas… ok, imagine que sua empresa possua 10.000 contas de e-mail, como você vai configurar isto nos dispositivos móveis? Nem todo mundo terá acesso via mobile? Ok, mas para quem vai ter este acesso, como você vai gerenciar isto? É bom começar a pensar em algum tipo de gerenciamento de dispositivo móvel, ou simplesmente MDM.

 

3 – Migração dos dados

Como faço para migrar todo o meu e-mail interno para a nuvem? Isso parece que vai levar uma eternidade, não é? Precisamos pensar em trabalho no modo hibrido enquanto seu Microsoft Exchange coexiste com o seu Office 365.

 

4 – Federação de Contas ou Plataformas

A Microsoft possui um produto para fazer isto, porém, ele requer ALGUNS servidores rodando em sua infra. Espere, eu tinha 2 servidores de correio e você está me dizendo que vou precisar colocar 4 ou 6 servidores de federação? Bom, vamos pensar melhor nisto também logo adiante.

 

5 – Sincronização de contas

Como fazer com que minha conta de AD seja refletida lá no Office 365. Simplesmente replico? Ou será que temos alguma solução mais inteligente e segura?

 

6 – Ambientes Híbridos

Imagina que você esteja pensando em levar somente o e-mail para a Cloud, mas o seu SharePoint continuará interno. Como fazer com que estes caras se conversem?

 

7 – Provisionamento Automatizado

Lembre-se, seu AD é uma coisa e seu ambiente Office 365 é outra. Para cada colaborador que entrar ou sair da sua organização você terá que fazer uma inclusão ou remoção lá no seu Office 365 para que ele reflita o seu ambiente corporativo.

 

8 – Limpeza Geral

Será que todo mundo que possui conta no seu Exchange local realmente precisa ter uma conta de e-mail no Office 365? Faça uma faxina geral.

 

9 – Definição de Licenças

O Office 365 possui diversos tipos de licenças (Office Plus, E1, E3, E5) e você pode mesclar seus usuários com diversos tipos de licenças. Como fazer para automatizar a entrada de um novo colaborador com uma licença específica? Como liberar uma licença de alguém que deixou a companhia?

 

10 – Segurança

Como controlar quem poderá acessar o Office 365? De onde as pessoas poderão conectar, quando, como, etc.?MFA2

A nuvem lhe traz facilidades e flexibilidades, mas será que nossa CLT entenderá desta forma? Você deve se prevenir para evitar dores de cabeça.

Sabemos que somente usuário e senha não são mais suficientes. Que tal pensar em um segundo fator de autenticação também para seu Office 365?

 

 

 

Você quer saber como resolver todos este pontos, então leia este documento .